ASSOCIAÇÃO PAULISTA DE ESTUDOS TRIBUTÁRIOS
SÃO PAULO / SP - Endereço: Avenida Paulista, Salas 704 e 705, Bela Vista, CEP: 01311-910
Tel.: (11)3171-1265 ou (11) 3105-7132

 

 

Cadastre-se para receber nosso Newsletter diário, gratuitamente
 
Código validador:
Login senha
     
seja um associado master, clique aqui


Direito Tributário  

APET

  SP
Direito Tributário
  PE
Direito Tributário

 

Enviar Imprimir voltar

 

Juiz pode pedir comprovação de envio de carnê de cobrança

Por Jomar Martins

O juiz que irá julgar o mérito de uma execução fiscal, de ofício ou a pedido das partes, pode exigir do conselho profissional a comprovação de envio do carnê de cobrança à parte executada. Assim como se certificar de que foi realizado o ato administrativo de lançamento da dívida, tal como notificação ou auto-de-infração.

Por isso, a 1ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região negou provimento a Agravo de Instrumento interposto contra decisão judicial que determinou a comprovação da regular constituição dos créditos tributários de um associado do Conselho de Psicologia do Rio Grande do Sul.

Para o colegiado, se o próprio TRF-4 admite que o magistrado extinga de ofício a execução fiscal se não demonstrada a regular constituição do crédito tributário, deve ser igualmente possível que exija da parte exequente a demonstração da regularidade da constituição, caso entenda necessário.

Nesta linha, o relator do recurso, desembargador Roger Raupp Rios, citou dois artigos do Código de Processo Civil (CPC). O artigo 6º diz que "Todos os sujeitos do processo devem cooperar entre si para que se obtenha, em tempo razoável, decisão de mérito justa e efetiva". Já o artigo 370 dispõe que "caberá ao juiz, de ofício ou a requerimento da parte, determinar as provas necessárias ao julgamento do mérito".

Agravo de Instrumento 5010016-12.2019.4.04.0000/RS

Fonte: Consultor Jurídico

Associação Paulista de Estudos Tributários, 4/11/2019  10:48:08